Tratamento Térmico

Tratamento térmico têm o objetivo de alterar a propriedade do aço em vários processos que são aquecidos e resfriados em diferentes condições.

Carbonitretação - Processo Termoquímico

A carbonitretação é um processo de tratamento térmico onde se utiliza em camadas de pequenas a médias profundidades(Eht). Além de carbono recebe nitrogênio na camada. Este processo é utilizado em aços não ligados ou de baixo carbono. Em alguns casos de aços com maior porcentagem de manganês a risco da formação de austenita retida.

A cabonitretação ocorre em temperaturas entre 800°C e 880°C e as profundidades de carbonitretação ficam entre 0,05 e 0,60 mm, na maioria dos casos e isto acontece em funcão da temperatura e do tempo do tratamento térmico.

Após o resfriamento brusco, as peças carbonitretadas são revenidas. Nos aços não ligados, isto normalmente é feito entre 150°C e 180°C e com aços ligados entre 160°C e 200oe°C.

 A resistência ao desgaste e as características funcionais sob condições desfavoráveis da camada superficial enriquecida em nitrogênio são melhores e a resistência após revenimento é maior do que é possível obter com a cementação convencional. Quanto maior o teor de nitrogênio da camada cementada, maior poderá ser a temperatura de revenimento escolhida.

A carbonitretação ocorre em etapas em é fornecido o gás endotérmico, o qual propícia para as outras etapas o fornecimento de gás GLP, como fonte de carbono, e na terceira, e o nitrogênio e em  seguida o choque térmico (têmpera).

A carbonitretação é normalmente feita em peças pequenas que requerem resistência à fadiga e dureza superficial elevadas